A importância da formação continuada para a carreira profissional

Entenda a importância da pós-graduação em momentos de crise
29 de agosto de 2017
Quem faz supletivo pode fazer faculdade?
5 de setembro de 2017
Exibir tudo

Vivemos em uma era volátil, em que a agilidade de adaptação ao mercado e a flexibilidade para acompanhar novas tecnologias, processos e metodologias são demandas cada vez mais frequentes. Com o mercado de trabalho cada vez mais competitivo, dinâmico e exigente, a qualificação profissional tem se tornado um assunto em constante evidência. Antes, com um diploma de graduação o profissional conseguia uma boa colocação. Hoje em dia, um diploma de pós-graduação, o domínio de outros idiomas e a atualização constante em sua área de formação são imprescindíveis para garantir a empregabilidade.

Uma das principais vantagens de dar prosseguimento aos estudos é o direcionamento da carreira e a definição de uma linha de atuação. A graduação é muito ampla. Nos dias de hoje, o profissional tem que ter uma visão generalista, mas é importante também se especializar em uma área. E exatamente isso que os cursos e a formação continuada fazem. Afunilam o que se aprende e desponta o perfil dos profissionais e para onde eles querem ir em suas carreiras e em sua área de atuação.

 

Cabe ao profissional buscar elementos sobre quais atividades fazer e ter em mente que precisa reservar um espaço em sua vida para se modernizar de alguma forma. Vale toda forma de participação que acrescente pontos ao seu currículo, a sua formação e ao seu desenvolvimento.

 

A formação continuada abre muitas portas para impulsionar a carreira e algumas áreas têm uma demanda maior por profissionais especializados. Mas não adianta nada fazer só porque todo mundo está fazendo, o curso e a formação deve fazer sentido para os objetivos profissionais, além do mais, essas atualizações são tão importantes que muitas vezes são consideradas pelas empresas, nas avaliações internas, para efeito de promoção de cargos e aumentos salariais e outros benefícios.

 

De maneira geral, os profissionais mais qualificados são muito bem-vistos e necessários no mercado de trabalho. Quem se prepara tem mais disposição para enfrentar desafios e tem vontade de se atualizar sempre mais.

 

A educação continuada deve ser vista como uma estratégia para o crescimento profissional e pessoal. Gerenciar a sua carreira e a própria formação são requisitos básicos para quem quer se destacar no mercado de trabalho.

 

O conceito de educação continuada está cada vez mais atual no dia-a-dia dos profissionais, principalmente em plena era do conhecimento e de aceleradas mudanças tecnológicas. O profissional precisa e necessita estar firmemente aprimorando suas habilidades, competências e informações técnicas.

 

Ao longo da vida, muitas informações são transmitidas e estudadas. São aprendizados constantes, entretanto o que se mantém depende muito do empenho que se tem e do nível de importância que cada novo conhecimento ou conteúdo é transmitido.

 

É por tudo isso que mesmo atuando na mesma profissão por muitos anos e tendo um curso superior de graduação, pós-graduação ou mestrado, é importante estar sempre se atualizando para acompanhar as mudanças tecnológicas, de atuação e do mercado e assim fazer a gestão da carreira e manter a empregabilidade em alta.

 

Fonte: http://www.investimentosenoticias.com.br

Fernanda Schroder Gonçalves – Profissional com experiência na área de Orientação e Planejamento de Carreira e Recursos Humanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *